Era uma vez um velho sábio chamado Akbar.

Ele chegou a um pequeno povoado para passar os seus ensinamentos.

Só que os seus conselhos não conseguiram interessar í população e, depois de algum tempo, ele virou motivo de riso e ironia.

Um dia, um grupo de homens e mulheres começou a insultar o sábio, a dizer palavras baixas e humilhantes…

Ao invés de fingir que ignorava o que acontecia, o sábio foi até eles e desejou a todos um bom dia…

Fez-se um silêncio… E um dos homens comentou:

– Será que além de tudo, estamos diante de um homem surdo? Gritamos coisas horrí­veis e o senhor nos responde com uma saudação!

O velho sábio olhou a todos e disse calmamente:

– Cada um de nós só pode oferecer o que tem – virou as costas e foi embora…



Deixe o seu comentário



1 Comentário para “Cada um oferece o que tem”

  1. Marcus Oliveira Diz:

    Concordo plenamente.