Há muitos anos atrás, quando eu trabalhava como voluntário em um hospital, eu vim a conhecer uma menininha chamada Liz, que sofria de uma terrí­vel e rara

doença. A única chance de recuperação para ela parecia ser através de uma transfusão de sangue do irmão mais velho dela de apenas 5 anos que, milagrosamente,

tinha sobrevivido í mesma doença e parecia ter, então, desenvolvido anticorpos necessários para combatê-la.

O médico explicou toda a situação para o menino e perguntou, então, se ele aceitava doar o sangue dele para a irmã.

Eu vi ele hesitar um pouco, mas depois de uma profunda respiração ele disse:

– “Tá certo, eu topo já que é para salvá-la…”.

À medida que a transfusão foi progredindo, ele estava deitado na cama ao lado da cama da irmã e sorria, assim como nós também, ao ver as bochechas dela

voltarem a ter cor.

De repente, o sorriso dele desapareceu e ele empalideceu. Ele olhou para o médico e perguntou com a voz trêmula:

– “Eu vou começar a morrer logo?”

Por ser tão pequeno e novo, o menino tinha interpretado mal as palavras do médico, pois ele pensou que teria que dar todo o sangue dele para salvar a irmã!



Deixe o seu comentário



5 Comentários para “O verdadeiro significado de sacrifí­cio”

  1. francisco Diz:

    achei lindo o gesto do rapaz. capaz de dar a sua vida para salvar a irma, e um verdadeiro amor! gostei muito deste testo, muito emotivo.

  2. marc Diz:

    muito comovente
    gostei muito do texto muito comovente

  3. GLORIA Diz:

    LINDO ! GOSTARIA DE ENVIAR PARA MEUS AMIGOS

  4. GLORIA Diz:

    NAO ENTENDI

  5. Marta Diz:

    O amor rompe qualquer barreira!
    Quando alguém é capaz de tal sacrifí­cio
    só nos prova que esse sentimento existe
    devemos colocá-lo em prática a cada dia!
    Esplêndido!